7 Táticas Infalíveis para Potencializar as Vendas Online

Se você está pensando em montar um negócio online é preciso entender que, além de contar com todas as ferramentas adequadas, vai ter que investir também em treinamento e informação. 

A ferramenta correta não adianta sem o conhecimento necessário para que ela seja utilizada. Por isso, separamos aqui sete segredos para aumentar as vendas na web.

1 – Permaneça motivado

O primeiro passo a ser dado por um empreendedor digital é realmente desejar vender online, em vez de apenas utilizar uma plataforma da web como “estepe” para as vendas físicas. 

Com motivação, podemos definir estratégias de venda para diferentes produtos, seja chave de nível, alimentos, definir a persona, e ainda entender o comportamento de navegação, busca e compra do seu possível cliente, para então encontrar serviços online que possibilitem rodar estratégia e gerenciar o negócio.

2 – Respeite (e ame) seus leads

O empreendedor ensina que quanto mais leads, mais oportunidades de venda são geradas, o que resulta no crescimento. 

Um Lead é, basicamente, um futuro comprador, alguém do seu nicho de negócio, uma pessoa que tem o problema ou a dor que seu produto ou serviço pode resolver. Ou seja, aquele a quem você pode ofertar algo. É importante crescer sempre esta base, que precisa ser valorizada.

3 – Invista

Embora o mercado digital tenha custos baixos, engana-se quem acha que é possível ter custo inicial zero. 

O mercado digital exige um investimento mínimo em uma conexão com internet, criação de estratégias de vendas online e serviços como e-mail marketing, construtor de site e divulgação do produto. 

Caso o empreendedor seja autodidata, pode não precisar gastar dinheiro com cursos. Mas você pode levar menos tempo investindo em conhecimento que ensine a criar estratégias de vendas online. Entre R$100 e R$400 é o que estimamos como mínimo necessário para que um empreendedor online possa investir mensalmente.

4 – Migre do off-line para o online

Embora muitos pensem que o melhor a fazer seja iniciar um negócio do zero na internet, é possível migrar a oferta de produtos ou serviços já existentes para o ambiente da web, como mostrar cases. 

Há diversos clientes da área de consultoria, descarte de lixo eletrônico, treinamentos e até produtos físicos, que usam a estratégia de marketing de relacionamento online para escalar e potencializar os seus negócios.

5 – Crie relacionamento

Todo fã conquistado na rede social já é um lead com quem se deve criar um vínculo. Mas para ter um relacionamento efetivo com ele, o ideal é obter o e-mail deste lead para uma comunicação mais próxima e direta.

Futuros compradores segmentados de elevador de carga, por exemplo, o que levará o lead a se tornar cliente será o sentimento de proximidade com a marca.

6 – Dê informação

A melhor forma de conquistar o lead é ofertando conteúdo a ele. Em troca do e-mail, o lead pode receber um e-book, planilha, vídeo, mini treinamento, infográfico, entre outros. 

Ele também lembra que o conteúdo oferecido gera autoridade e melhora a visão do lead sobre o produto ou serviço. Você pode enviar por e-mail dicas, novidades, notícias, táticas e conteúdos de valor em forma de vídeos, artigos, e-books, podendo também contar sua história em forma de storytelling.

7 – Mude! 

Como o ambiente online está em constante mudança, e considerando as inúmeras possibilidades de entrega de conteúdo e oferta de serviços, Carmona lembra que é possível mudar as estratégias a qualquer momento. 

Se você percebe que não está tendo o resultado desejado, pode mudar a forma como se relaciona com o público. 

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.

Desvendando os Segredos para Fidelizar Clientes pela Internet

Fidelizar clientes é uma estratégia essencial que muitas empresas acabam negligenciando e focam em apenas buscar novos consumidores. 

No entanto, porque não criar uma parceria com quem já comprou, pelo menos uma vez, o seu produto ou serviço? As pessoas quando ficam satisfeitas com uma marca em geral, normalmente, voltam com mais frequência. 

Por isso, em paralelo à prospecção de novos clientes, coloque esforços para fidelizar aqueles que você já conquistou, como um comprador de bisnaga de plástico, por exemplo, pois é uma oportunidade de manter e até aumentar os lucros do seu negócio. 

Afinal, em momentos de crise no qual as empresas buscam sobrevivência, geralmente, são os clientes fidelizados que ajudarão a manter a sua marca viva.

Busque o feedback dos seus clientes

A melhor maneira de avaliar se o seu serviço e produto entregue estão adequados às expectativas do seu cliente, é ouvindo eles. As redes sociais, por exemplo, ajudam bastante para saber o que as pessoas estão falando da sua marca. 

Por isso, acompanhe os feedbacks e melhore a experiência do seu cliente na compra de um produto, Se você vende luva de vaqueta, por exemplo, inclua imagens de qualidade e informações relevantes e saiba a opinião do seus clientes. Assim, é possível ter um melhor relacionamento com ele e aplicar melhorias na plataforma para conquistar novos consumidores.

Faça um programa de fidelidade ou recompensa

O erro de muitas empresas é dar algo para o cliente que vai comprar pela primeira vez, mas esquecer de quem compra frequentemente. Por isso, surpreenda de vez em quando com um mimo ou desconto na próxima visita recompensando quem comprou recentemente. 

Inclusive, crie um programa para incentivar o consumidor a voltar mais vezes à sua loja online. Mas atenção para que a estratégia seja honesta e vantajosa para os clientes que já compram de você.

Invista em estratégias de conteúdo relevante

O relacionamento é algo valorizado, principalmente no mundo atual com muita tecnologia, o que pode distanciar as pessoas. Nesse sentido, a sua marca deve aproveitar dos meios digitais para criar ou indicar conteúdos relevantes para o seu cliente, assim, não é necessário convidá-lo o tempo todo para fazer compras. 

Invista em conteúdos que ensinam a usar o produto ou as vantagens de um serviço como a demolição controlada, por exemplo, ou em outro tema relacionado ao interesse do cliente.

Melhore a qualidade do atendimento

Para garantir que os esforços de fidelizar clientes terão sucesso, não deixe de investir em melhorias para atendê-los. Sendo assim, invista em profissionais qualificados, que tenham bom relacionamento interpessoal e evite a demora nos atendimentos. 

Por fim, não desista de ajudar o seu consumidor até que o problema dele seja resolvido.

Fortaleça a identidade da marca

A identidade da marca é o que fará as pessoas a reconhecerem em qualquer lugar com facilidade. Para fidelizar o seu cliente, não dá para mudar a sua imagem de repente e com frequência. 

As pessoas precisam criar familiaridade com a sua marca, portanto tenha um logo, cores, mensagem e etc., que transmitam o valor da empresa e que fale com o público.

Portanto, uma marca que pretende fidelizar clientes precisa, antes de tudo, garantir um bom posicionamento no mercado. 

A empresa que consegue passar claramente a sua missão e valores, têm mais facilidade para criar um bom relacionamento com os consumidores e incentivar a identificação do público com o seu produto e serviço. Em uma comunicação bem-feita, os esforços para fidelizar podem diminuir, afinal isso acontecerá naturalmente.

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.

4 Coisas que Você Precisa Saber Antes de Abrir um e-Commerce

Com o surgimento e o fortalecimento dos negócios online, muitas empresas de diversos portes e segmentos agregaram ainda mais valor aos seus produtos e serviços utilizando as ferramentas que a internet oferece. Uma delas é o comércio eletrônico.

O e-commerce é um canal excelente para vender muitos tipos de produtos e, por isso, é visto como uma alternativa para alavancar seus rendimentos a cada mês. Entre os grandes diferenciais das vendas online está a conveniência e o preço competitivo. 

Se você enxerga nas lojas virtuais uma possibilidade de complementar a sua renda e de construir uma empresa que possa alcançar o sucesso, vá em frente! Aqui mostraremos 4 passos infalíveis para montar seu negócio online. 

Como ganhar dinheiro pela internet?

Muitas pessoas que decidem abrir um comércio eletrônico estão em um momento difícil no que diz respeito às finanças. Algumas perderam o emprego, enquanto outras se deparam com um trabalho que está longe de realizá-las. Assim, o e-commerce surge como uma possibilidade de reconstruir a vida e de conquistar liberdade de horários e de dinheiro.

Mas como ganhar dinheiro pela internet? A resposta é simples: trabalhando com vendas! 

O comércio eletrônico permite que o empreendedor venda produtos para um público-alvo determinado, como um amplificador de som, por exemplo, e recebe as encomendas pelos correios ou por transportadoras.

Parece complicado? Continue lendo que explicaremos todos os detalhes sobre como abrir um e-commerce. Você verá que na prática não é tão difícil quanto parece!

Mas o que é um e-commerce?

O e-commerce nada mais é do que um canal de vendas de produtos, como uma bisnaga de plástico, por exemplo, ou de serviços pela internet. 

Ou seja, toda a apresentação, negociação e venda é realizada de forma online, sem que haja a necessidade de o consumidor sair de casa para isso. Da mesma forma, o pagamento é realizado online, e o produto é enviado para o endereço do consumidor. 

Essa modalidade de vendas começou na década de 1990, mas apenas após a virada de século é que passou a se popularizar no Brasil. Atualmente, muitos consumidores preferem comprar pela internet, já que podem pesquisar os produtos e os preços com conveniência, sem precisar sair de casa.

Como funciona o e-commerce?

Em muitos pontos, a estrutura de um comércio eletrônico pode ser comparada a de uma loja física. Enquanto uma loja de rua tem o seu endereço definido, uma loja online tem a sua URL, que nada mais é do que o código que dá acesso à loja. 

Neste ponto de vendas digital, o comerciante cria uma vitrine, onde faz o cadastro de todos os produtos que vende, como um compressor parafuso, por exemplo. 

Quanto mais fotografias e descrições dos produtos, maiores são as chances de os clientes se interessarem, já que isso funciona como o atendimento que em uma loja física é prestado de forma presencial. 

No caso de dúvidas, os clientes do e-commerce têm a possibilidade de entrar em contato com a loja antes de finalizar a compra.

Assim têm certeza de que estão diante do item que precisam. Para concluir a transação, devem pagar pelo produto. Isso em geral é feito com cartão de crédito ou com o pagamento de um boleto bancário. Em poucos dias, o produto escolhido chegará no endereço fornecido pelo cliente. 

É necessário ter loja física para abrir um e-commerce?

Essa é uma dúvida muito recorrente por quem quer começar a trabalhar com vendas online. Não é necessário ter uma loja física para abrir um comércio eletrônico, da mesma forma como não é essencial ter um e-commerce para abrir uma loja de rua. 

Embora em muitos casos, as duas modalidades possam funcionar de forma complementar, isso não é regra.

Uma loja virtual pode ser planejada absolutamente do zero, sem que o seu gestor tenha experiência com vendas. No entanto, para garantir que estará construindo um bom negócio, é recomendado que estude sobre o mercado online, para que possa conduzir a abertura da sua loja da melhor forma possível.

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.

É Preciso ter Controle do seu Negócio

Montar um negócio não é só abrir um CNPJ e começar a vender.

É muito mais que isso.

Depende de planejamento, dimensionamento, definição e também de muito CONTROLE.

É muito comum pequenos negócios nos quais o faturamento da empresa se confunde com o ganho do empreendedor.

Saiba que se você faz isso, agora é a hora de mudar.

Comece a fazer o controle de todas as transações financeiras, de compra e venda.

Existem bons ERPs, ou plataformas online de Gestão Financeira, com bons preços e bem acessíveis.

Outra ferramenta indispensável é o CRM, que faz o controle de tudo o que envolve os clientes. Desde quando ele é apenas um lead, até o processo de venda em si. Muito importante.

Documente todos os processos: Marketing, Vendas e Financeiro. Essa é a única forma de você saber onde acertou e principalmente, onde errou.

É fundamental para conseguir melhorar seus indicadores e até mesmo escalar seus ganhos.

E por fim, a automação de marleting vai poder te mostrar quais clientes estão prontos para comprar de você. Isto é possível através de um processo chamado “lead scoring”, no qual é possível perceber a maturidade do seu cliente.

Assim seus vendedores não desperdiçam tempo negociando com possíveis clientes que ainda não estão prontos para comprar de você.

1 – Controle as Finanças

Existe uma ferramenta documentar todas as transações financeiras, chama-se ERP. Geralmente são pagas, mas o preço é bem atrativo.

2- Acompanhe os Clientes

Assim como o controle financeiro, existe uma ferramenta chamada de CRM, na qual é possível anotar tudo de cada cliente, desde quando ele chega até o pós venda.

3 – Documente os Processos

A ideia aqui é saber tudo o que foi feito em todos os processos do seu negócio. Assim é possível saber o que foi feito errado, e de onde vem cada número, como vendas, lucro, captação de clientes.

4 – Venda para as Pessoas Certas

Não é captando clientes de qualquer forma que seu negócio vai vender mais. É necessário saber exatamente quem é atingido e conseguir “filtrar” os clientes mais prontos para comprar de você.

Como Turbinar o Instagram Comercial

Sei que você está pensando que deve começar a usar o INSTAGRAM agora para atrair clientes para o seu negócio, não é mesmo?

No entanto, gostaria de te mostrar uns detalhes que vão te ajudar muito com isso!

Então, comece usando uma conta Comercial ou de Criador de Conteúdo. Usar uma conta pessoal para fins profissionais, não é bom.

O Instagram vai entender seu conteúdo é profissional.

Outro ponto importante é a CONCORRÊNCIA. Se você está acostumado a pensar que seus concorrentes são os negócios que estão perto de você, tenho uma péssima notícia. No Instagram, você concorre com TUDO QUE ESTÁ AO ALCANCE DO CELULAR.

A pessoa vai rolar o instagram para baixo e só vai parar quando algo chamou a atenção dela.

Ou seja, você concorre com tudo na internet pela atenção do seu cliente.

Neste caso, uma excelente saída é gerar curiosidade.

Use bastante as hashtags que têm a ver com seu negócio.

Quer ideias? Use o site Gravtag.

Outro ponto é sempre pedir uma ação das pessoas. Isso faz com que as pessoas façam algo em relação ao seu conteúdo, ou curta, compartilhe, salve.

IMPORTANTE, peça uma ação só. Ter muitas opções é muito ruim para nós, acabamos por não fazer nenhuma.

Por último, mas não menos importante, use cores chamativas nas postagens.

Pense que a pessoa vai rolar o feed até ter sua atenção chamada. Se você usa cores chamativas, é um bom primeiro passo para o seu cliente parar o olhar sobre seu conteúdo.

Frases que Chamam Atenção em Qualquer Rede Social na Internet

A coisa mais difícil a ser feita hoje em dia, é chamar a atenção de alguém.

E na internet isso é ainda mais complicado.

Todo mundo é bombardeado por mensagens que pulam da tela, vídeos, animações, músicas.

E um dos recursos para chamar a atenção das pessoas são frases que geram algum tipo de curiosidade na pessoa, para que ela leia o seu texto.

Trago aqui alguns exemplos de frases que podem ser usadas em redes sociais, anúncios, posts, etc.

Mas lembre-se que chamar atenção da pessoa é apenas o primeiro passo em direção à venda.

1 – Eu sei exatamente o que você precisa. Esse produto vai cair como uma luva para você!

2 – Eu tenho várias razões para você conhecer meu negócio, mas não vou te vender nada agora. quero é te ajudar a resolver seu problema.

3 – Você não vai querer que esse problema acabe com seu negócio, não é?

4 – Imagino o quanto deve ser difícil passar por isso, mas sei como posso resolver!

5 – Eu tenho um plano para resolver esse seu problema. tenho resultados incríveis

6 – Acredite, já vi muitas pessoas nessa mesma situação e consegui ajudar!