5 maneiras de renovar completamente seu e-commerce

De tempos em tempos é importante renovarmos nossas coisas. Seja nossa casa, nosso guarda roupas e nosso e-commerce e ao fazê-lo, notará uma diferença gritante no que diz respeito aos lucros e novos clientes.

Para entender melhor sobre o assunto, criamos este guia que colocará uma espécie de válvula direcional, para que o desequilíbrio causado pela economia não afete seu negócio. Desta forma, continue com a gente!

1- Melhore as páginas com bom desempenho e também as que vão mal 

Uma auditoria de conteúdo é um ótimo projeto de renovação. A maioria dos sites acumula muitos conteúdos antigos, que estão esquecidos e podem ser consolidados, atualizados, reaproveitados ou, até mesmo, excluídos. 

Isso tudo visando uma melhor experiência do usuário e aumento do ranqueamento nas páginas de busca como o Google, por exemplo.

Se você tiver tempo: faça o download do banco de dados de todo o seu site e comece a listar cada página como: Manter, Descartar, Atualizar, Reaproveitar e assim por diante. 

Senão, vá direto ao seu programa de análise, encontre os 10 principais conteúdos, assim como os 10 piores. Ajuste aqueles importantes e descarte os que não são visitados, agindo como uma balança antropométrica.

2- Ajuste todas as imagens

As imagens podem fazer com que seu e-commerce fique pesado e demore para carregar. Então, novas imagens podem deixá-lo novo e com uma dinâmica diferente. Sabe o que mais? Suas vendas podem se beneficiar, principalmente quando trouxer o produto em ação.

No entanto, antes de iniciar o trabalho, reserve um tempo para selecionar as que ainda não caíram em desuso.

3. Corrija seus links quebrados

Eles prejudicam seu ranqueamento no Google, mas pode ser ainda pior, ou seja, os visitantes e clientes em potencial que clicam em um link quebrado, geralmente, vão embora.  Ferramentas como a brokenlinkcheck.com permite que os encontre.

Pense no grau de desastre que um link quebrado por ter num grande e-commerce, seja do ramo alimentício ou de tratamento de efluentes. Mas existe algo positivo! Como sempre, na internet há ferramentas para rastrear o site e nos mostrar todas as páginas com um erro ‘404 não encontrado’. 

Execute isso em seu site e garanto que você ficará surpreso com o que encontrará.

4. Exclua as folhas de estilo antigas. 

Revise seu código e remova CSS e JS [JavaScript] não utilizados. Se o fizer detalhadamente, isso trará melhora significativamente em seu desempenho (para maior velocidade) e organização (garantindo que outros membros da equipe possam contribuir cada vez mais). 

5- Revise sua estratégia de SEO e atualize as descrições dos produtos

Descrições de produtos e conteúdos relacionados que não são atualizados há muito tempo podem diminuir o tráfego de pesquisa e impactar diretamente no resultado. Substitua as descrições de produtos geradas pelo fabricante por suas próprias. Além disso, confira as palavras-chave.

Muitas vezes, os termos que os compradores usam para pesquisar um item podem variar com o tempo. E não atualizar seu conteúdo mais recente, resultará em perda de demanda.

Enfim, esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.