Redes sociais: como usá-las a favor o seu negócio?

Como usar redes sociais da empresa? Saiba que tipo de conteúdo postar, a linguagem e frequência ideais. Como gerar conteúdo interessante.

Atualmente é fundamental ter redes sociais relacionadas aos seus negócios.

Seja o Facebook, Instagram ou qualquer outra rede social que surgir no momento!

Mas para ir bem nessa tendência, você não deve apenas conseguir seguidores, curtidas e alguns comentários fajutos.

Saiba que quando falamos em rede social, o correto é pensar em relacionamento e interação social!

O Facebook, o Instagram e outras redes sociais, são uma ferramenta de trabalho para empresas no dia a dia corporativo.

Entretanto ela é utilizada pelo marketing digital para criar relacionamento com o cliente ou futuro cliente.

Então, é bastante importante ter de maneira clara em mente, que as redes sociais precisão funcionar do jeito certo.

Para dar resultado positivo e usar as redes sociais a favor do seu negócio, leia esse texto até o final que vamos dar algumas dicas básicas para você acertar!

Como usar as redes sociais da empresa?

Para começar, é importante que você entenda, que estar nas redes sociais, como Facebook Instagram, não é mais um diferencial para sua empresa!

Atualmente as empresas que se destacam, são aquelas que enxergam que as redes sociais servem para comunicação com os clientes.

Não faça muita promoção da marca ou produto, diretamente.

Tente fazer o seu público perceber que você pode ajudá-lo com o problema que ele tem.

Primeiramente, é ideal que você pense que tipo de conteúdo será publicado.

Em seguida, pense qual a linguagem que você vai usar.

E só depois, como será a frequência das postagens. Leia abaixo e entenda melhor!

Que tipo de conteúdo é melhor?

A nossa dica é que o conteúdo seja mais informativo e do interesse do seu público-alvo.

Isso fará com que seu público tenha vontade de seguir e acompanhar suas redes sociais.

Portanto, nada de ficar fazendo propaganda o tempo todo!

O ideal é que você passe informação.

Lembre-se que as pessoas entram nas redes sociais para se divertir, se informar e não para fazer negócios!

Portanto, se você fizer das suas redes sociais um canal de propagandas, elas ficarão muito chatas.

Especialistas em marketing digital aconselham a porcentagem 80 por 20, baseado no princípio de Pareto.

Que é: 80% das postagens são informativas e de comunicação espontânea com os usuários e 20% propaganda.

Isso quer dizer que a cada 10 postagens, 8 serão sobre temas interessantes e apenas duas e propaganda do seu negócio.

Qual a linguagem ideal?

Certamente para entender a melhor linguagem para se comunicar com o seu público-alvo, você precisa entender o que eles querem ver na internet.

Para isso, vale gastar um tempo e pesquisar os concorrentes e até mesmo perguntar o que seu público gostaria de ver nas redes sociais.

Depois de descobrir o que seu público gosta e com quais postagens eles interagem, é hora de você definir a sua estratégia de marketing de imagem e linguagem nas redes sociais!

Quando falamos em linguagem, significa que você deve definir se as publicações terão um teor mais sério, mais engraçado, mais curioso ou mais informativo.

Em seguida é possível definir também as cores nas postagens, ou se você vai usar bordas e padronizá-los.

Até porque pode ser levada como consideração da linguagem visual.

O que é chamado de linguagem visual, também afeta o poder de reconhecimento dos internautas sobre os seus conteúdos.

Por isso, é importante que você defina as cores e o tipo de imagens que vai usar na sua página.

Será a linguagem, construída com a informação e o tipo de conteúdo que vai definir quem acompanha a sua página ou não.

Qual é a frequência ideal de postagens?

De nada adianta você ter redes sociais e não movimentar o Facebook ou Instagram.

As redes sociais têm algoritmos de interação que avaliam qual é a sua interação com o seu público.

Isso serve para classificar as páginas mais interativas e interessantes para o público.

Por consequência a rede social vai apresentá-las com maior frequência na linha do tempo do usuário.

Portanto, é ideal que você tem uma frequência mínima de postagens!

Para o Facebook o aconselhado é que fique entre 1 a 3 postagens por dia.

Para o Instagram, você deve colocar aproximadamente 3 conteúdos nas histórias e pelo menos uma a duas publicações por dia na linha do tempo.

Também é ideal que você faça um estudo e perceba quais são os melhores horários para publicação ser vista por quem segue você!

Cuidado com postagens em excesso, isso também não é bom e pode fazer você perder seguidores ou até relevância nas redes sociais.

Isso acontece porque postagens excessivas acabam sendo vistas como spam!

Como gerar conteúdo interessante?

Agora, você já sabe o básico para movimentar com eficiência suas redes sociais.

Entretanto, para melhorar o seu negócio, preste atenção como gerar conteúdo interessante.

Certamente, o primeiro passo é falar a linguagem do seu público-alvo.

É necessário que você compreenda a maneira que o seu público-alvo se comunica, para que sua mensagem seja recebida da maneira com que você deseja.

Ademais, para que você entenda melhor, isso quer dizer que você não vai conversar da mesma maneira com um universitário e um empresário de 50 anos.

Ou que uma mãe de 40 anos tem a mesma linguagem de um adolescente de 14 anos.

Portanto, para que seu conteúdo seja interessante bem recebido, você deve falar a linguagem do seu público!

É fundamental que você conheça o seu público para isso.

Sabe como definir a sua persona?

Então, é preciso definir a sua Persona.

Saiba que a persona é uma representação simplificada dos clientes ideais para sua empresa.

Isso vai garantir que o conteúdo desenvolvido para seus clientes, estejam de acordo com o seu público tem interesse em ver.

Outro detalhe importante é variar o tipo de conteúdo, investir em formatos diferentes você pode usar fotos, vídeos, textos e até mesmo fazer lives.

Saiba também que se você ainda não consegue estar em diversas redes sociais com eficiência.

Escolha qual plataforma se adequa mais ao seu público e invista nela!

Isso porque, cada rede social tem um formato que engaja mais.

Então postar conteúdos da mesma maneira em todas as redes sociais não é a melhor opção.

Contudo, é melhor optar por uma única rede social, que faça sentido para o seu público.

Fazer posts únicos e exclusivos, do que repostar conteúdos.

Experimente este fantástico gerador de personas!

Quais são as vantagens de usar as redes sociais em seu empreendimento?

Usar as redes sociais em seu empreendimento da maneira certa, faz com que você consiga autoridade no mercado.

Autoridade no mercado significa ter sua empresa ou marca reconhecida, pelo bom serviço que presta.

Para isso, faça um bom trabalho nas redes sociais, seja no Facebook ou no Instagram.

Certamente, isso só é possível com conteúdos inéditos e bons. Conteúdo que entregue a informação que seu futuro cliente precisa.

Essa confiança adquirida pelo seu seguidor nas redes sociais, vai fazer com que ele seja um lead.

Lead são potencias clientes, aqueles usuários que você vai captar e-mail para mandar materiais mais específicos.

Ter o e-mail ou contato mais direto do lead, faz com que ele avance em direção a compra!

Quer saber mais sobre marketing digital?

Quer uma ajuda nossa? Preencha o formulário abaixo!

Como planejar um site profissional e ter bons resultados?

Você está pensando em como planejar site, para criar o site profissional para sua empresa?

Saiba que todas as marcas de sucesso têm um site próprio!

Aliás é o ponto de partida para qualquer estratégia de marketing digital.

Portanto, mesmo que sua empresa ainda seja pequena, uma estratégia de marketing e um site próprio são fundamentais para o crescimento do seu negócio.

Mas para isso é fundamental fazer um planejamento.

Um site profissional, bem planejado, vai ajudar você a ter mais credibilidade com seus clientes fidelizados e futuros clientes.

Além do mais, mesmo que seu negócio seja local e você não faça a vendas pela internet.

Atualmente a maioria das pessoas pesquisa antes de adquirir um produto ou serviço.

E muitas vezes elas pesquisam na internet, soluções próximas de onde estão, para poder resolver seus problemas.

É importante fazer um planejamento de site e ter uma boa página na internet.

Continue a leitura deste texto até o final e saiba tudo que você precisa para ter um site profissional!

Seu site será uma ferramenta de vendas!

Isso mesmo, um bom site será uma ferramenta online para aumentar seu faturamento!

Por isso, saiba que um site somente com endereço, telefone e mapa, não passa a imagem de um site profissional.

Então é fundamental que o contato com seu possível cliente seja de maneira frequente e atualizada.

Se você quer ter um site para sua empresa, entenda que de maneira alguma você deve deixar a página online e pensar que tudo está tudo resolvido!

O site é mais que uma ferramenta de apoio, para que as pessoas achem seu endereço e telefone.

Ele pode e deve ser uma ferramenta de vendas e promoção da sua marca, produto ou serviço!

Com o aumento do uso da internet e com a importância que ela tem nossas vidas, ela se tornou o melhor lugar para expandir seu negócio.

Quando falamos em venda e lucratividade, normalmente os empreendedores começam a prestar atenção no poder que a internet tem.

Por isso, para ajudar você a ter um site profissional, vamos falar um pouco sobre como planejar um site.

Veja abaixo quis são os passos principais:

Determine a funcionalidade

Se você estiver fazendo um site para sua empresa ou para você provavelmente já sabe o que espera dessa página.

No entanto, se tiver fazendo uma página para outras pessoas, você precisa descobrir exatamente o que o cliente espera do site.

Esse processo pode ser um pouco desgastante, principalmente em empresas maiores onde há mais pessoas envolvidas nessa decisão.

Veja abaixo algumas perguntas importantes que você precisa fazer para determinar a funcionalidade do site:

  • É preciso ter espaço para comentários dos usuários?
  • Como serão as imagens dos produtos ou serviços?
  • Os usuários poderão criar contas?
  • O site será “linkado” com blog, terá artigos para falar mais sobre a empresa?
  • Como será a imagem da sua loja na internet?

Você vai apresentar diversos produtos em seguida ou vai separá-los por abas e categorias?

Saiba que é importante pensar bastante na funcionalidade e no que você deseja do site, pois tudo que foi definido aqui vai impactar no resultado final.

Vamos para o próximo passo o passo?

Crie um diagrama de mapa do site

Esse diagrama de fluxo pode ser criado em um quadro ou até mesmo em uma folha.

Aqui você vai determinar como usuários vão navegar pela sua página.

Pense como cada página estará conectada a outra e como os usuários navegaram de um lugar para outro.

Também é importante que você faça um esboço da página.

Para fazer isso você vai usar o quadro colocando marcador de página adesivo ou até mesmo um papel ou cartolina.

Comece a definir a navegação pela “Home Page” e em seguida vamos mostrando os produtos ou os serviços e como eles funcionam.

Essa estrutura será determinada por você como um mapa da página!

Faça uma relação de conteúdo

Aqui você pode usar um papel ou até mesmo a planilha do Excel, mas faça uma espécie de inventário do conteúdo.

Você vai colocar cada uma das partes do conteúdo que deseja em uma planilha ou lista.

O propósito é usar essa lista para verificar o que é necessário no site, o que vai ficar e cortar os excessos para simplificar o processo de criação.

Isso também vai ajudar você não esquecer o que é importante.

Transforme meu conceito em um site

Aqui é bom que você pense no estilo e design que você dará para o seu site.

É importante pensar como será o menu de navegação, o cabeçalho ou rodapé e o visual do seu site.

Não se preocupe muito com detalhes, mas faça um esboço que isso é importante para escolher todo layout.

Em seguida, você deve escolher como vai montar o seu site e criar esse layout básico.

Para isso, você pode aprender HTML, optar plataformas que entregam layouts pré-prontos, ou pagar uma empresa que crie o site para você!

Faça um site profissional e responsivo!

Passo-a-passo para elaborar um site:

Claro que você percebeu que fazer um site não é tão simples quanto parece, não é?

Mas a presença de uma empresa no mundo digital e uma estratégia de marketing digital com foco em resultados é fundamental!

E acredite, esses resultados aparecem se o site for bem trabalhado e com estratégia de marketing digital direcionada.

Na prática:

  1. Faça um esboço da estrutura de seu site.

Geralmente um site é dividido em Header, Body e Footer. Traduzindo: Cabeçalho, corpo e rodapé. Desta forma Você definirá como será a aparência de cada setor do seu site. Geralmente estes passos são feitos em programas de edição de imagens, ou até mesmo em um papel. O que importa é você definir como sua identidade visual se relacionará com o site.

Cuide das cores, fontes e head tags (títulos h1, h2, h3, h4).

Quando você desenha uma logo, ela tem um manual de aplicação da marca. Este manual te mostra como aplicar a logo, suas cores, as fontes e é de fundamental importância para que você consiga harmonizar bem o seu site.

Pense em como o conteúdo da Home e das demais páginas será distribuído.

A página tem várias áreas com conteúdo, desde imagens até texto. A forma como este conteúdo será alocado no site é muito importante para a usabilidade e experiência do usuário.

Defina como serão alocados os botões de Call to Action, Formulários e Integrações com Redes Sociais.

Caso você só tenha uma página, geralmente é chamada de Landing Page, pense em como seus clientes vão interagir com sua empresa. Como eles poderão tirar dúvidas com vocês, e o mais importante, como eles vão comprar algo em seu site.

Edite as imagens.

Imagens são muito importantes para o layout do seu site. Boas apresentações, imagens profissionais e com alta qualidade de imagem e até informação, garantirão o sucesso da experiência do seu usuário. Lembre-se, só utilize imagens com licença de uso. A utilização de imagens de terceiros sem autorização é crime.

Escolha um bom CMS.

Geralmente os sites são desenvolvidos em WordPress. Tanto pela facilidade de trabalho como por ser de código aberto. Você mesmo pode customizar da forma que achar melhor, e o melhor disto, pode comprar um tema já pré formatado e economizar tempo e dinheiro com desenvolvimento.

Não se esqueça do Google…

Portanto, se você deseja ter um site, deve pensar que ele precisa ser encontrado no Google.

Também é fundamental ter autoridade no mercado.

Na verdade, esta autoridade é alcançada por meio de estratégia interessante de produção de conteúdo especializado.

Sem se esquecer de se relacionar com seu público-alvo.

Uma Estratégia de Marketing com ótimos resultados é o Inbound Marketing.

O que é Inbound Marketing?

O Inbound é uma forma de gerar autoridade na internet sobre o que você posta.

Vale a pena conferir nosso artigo que trata desta técnica com um pouco mais de profundidade.

Então, para seu site cumprir todos esses fatores, ele exige empenho e dedicação.

Mas em contrapartida, ele vai expandir o seu negócio e vender seus produtos.

Portanto, o melhor de tudo que isso sairá por um preço bem abaixo do que seria contratar um vendedor.

Entretanto, para que seu site ajude você a vender mais e ampliar o seu empreendimento é necessário que ele seja responsivo.

Responsivo quer dizer um site que funciona bem, de maneira rápida e prática em qualquer situação, seja em celular ou computador.

Para planejar site você pode optar pelas seguintes maneiras:

  • Os sistemas gratuitos da internet como WordPress a vantagem que você necessita de pouco ou nenhum conhecimento técnico;
  • Contratar uma agência que vai estudar sua empresa, seu público e os concorrentes e oferecer a melhor situação disponível para você. A vantagem é ter um site profissional, com planejamento de site e tudo funcionando!

Contudo, não podemos deixar de mencionar que, ter um site não quer dizer bons resultados para seu rankeamento.

O que pode, e deve, ajudar muito a chamar a atenção das pessoas e gerar interesse em seu site é o SEO (temos um artigo sobre isto aqui) e um bom conteúdo.

Como citei antes, o SEO (em português Otimização de Mecanismos de Busca) é parte do Inbound.

Entretando, geralmente é dado como ponto tão fundamental para a internet que o tratamos geralmente separado.

Gostou de saber mais sobre como um site profissional pode dar sua empresa?

Preencha o formulário abaixo que entraremos em contato o mais rápido possível!

Não perca mais tempo na internet, ganhe dinheiro com ela!

Quer saber mais?

Quer uma ajuda nossa? Preencha o formulário abaixo!

SEO: O que é, por que é tão importante para empresas?

Se você está procurando saber sobre SEO para sua empresa, provavelmente investiu ou vai investir em um site na internet.

Para isso, realmente o SEO é fundamental, porque ele vai ajudar o site da sua empresa a ganhar as primeiras posições dos buscadores na internet!

Estar nas primeiras posições de buscadores, como por exemplo Google, garante mais visitantes para o seu site de forma totalmente gratuita!

E quem não quer isso?

É exatamente por isso, que você precisa saber mais sobre as ferramentas do marketing digital.

Portanto, leia nosso texto até o final para descobrir mais estratégias de SEO e técnicas infalíveis de ranqueamento!

O que é SEO?

SEO é a sigla, em inglês, da abreviatura de Search Engine Optimization, que significa otimização para motores de busca.

SEO é na prática, o conjunto de estratégias que têm o objetivo de ajudar a melhorar o posicionamento de sites, nas páginas resultados de busca.

Para explicar de uma forma simples é tentar colocar o site de maneira gratuita das primeiras páginas das buscas como o Google.

Continue a leitura e descubra a importância do SEO!

Por que o SEO é importante?

Saiba que a utilização de das técnicas de SEO ajuda o site ou blog da sua empresa a ganhar destaque na internet e vender mais.

Claro que isso é de maneira gratuita, sem precisar pagar anúncios para o Google.

Conseguir visitantes e público de maneira gratuita é o que chamamos de tráfego orgânico.

É um tipo de visitas de pessoas interessadas pelo assunto, então seu site vai conquistando notoriedade e autoridade na internet!

Claro que para isso dar certo é preciso de trabalho correto e paciência, pois as técnicas de SEO precisam de estratégia e tempo.

No entanto, podemos afirmar que essas técnicas funcionam no marketing digital.

Como resultado final, você terá mais clientes e maior faturamento para seu empreendimento.

Quais os tipos é tráfego e a diferença entre eles?

Na internet temos dois tipos de tráfego basicamente: tráfego orgânico e o tráfego pago.

Levando em conta que o Google é a maior ferramenta de buscas da internet, quando falamos em SEO, normalmente falamos dos mecanismos de buscas do Google.

Portanto para entender melhor como funciona o SEO falaremos do buscador Google.

Neste caso, para conseguir o tráfego pago, você precisa utilizar uma ferramenta do próprio Google chamada Google Ads.

Essa ferramenta é um anúncio do Google, em que as empresas pagam por cliques e para ocupar o topo das páginas. Entretanto esse resultado é marcado e identificado como anúncio.

Entretanto, também ficam na primeira página os resultados orgânicos.

Essas primeiras posições são definidas de forma “automática” pelos motores de buscas do Google.

Esses “robôs” avaliam o nível de relevância e autoridade da página sobre o assunto, para apresentar o resultado ao internauta.

Segundo pesquisadores e especialistas em SEO, os resultados são apresentados por ordem de melhor qualidade do conteúdo e na boa experiência do usuário.

Portanto, quando falamos em resultados orgânicos, são resultados naturais, conseguidos através de bom conteúdo.

De fato, também esse conteúdo é otimizado para os mecanismos de busca do Google.

Como funciona a busca do Google?

Agora você já entendeu a diferença entre tráfego orgânico e tráfego pago, não é?

Então, que tal saber um pouco mais sobre os mecanismos de busca do Google para apresentar os resultados?

Normalmente, quando fazemos uma pesquisa, buscamos por uma palavra que resume aquilo que estamos pesquisando.

Essa palavra (ou conjunto de palavras) que colocamos no mecanismo de busca é, chamada no marketing digital, por palavra-chave.

Mas para apresentar todos os resultados de uma pesquisa, são avaliados mais de 200 fatores de ranqueamento pelos motores de buscas do Google.

É a combinação e todos esses fatores entre eles que é avaliada pelos algoritmos do Google e define quais resultados você verá primeiro.

Então o objetivo dos profissionais de SEO é entender os mecanismos de buscas do Google.

Compreender esses mecanismos ajuda para que os sites tenham os elementos necessários para chegar e permanecer no topo das pesquisas.

Claro que essa lista de 200 fatores de rankeamento do Google, não é uma verdade absoluta.

Ela é variável e é atualizada com frequência!

Então, continue a leitura e veja abaixo quais são as melhores dicas para ranquear a sua página nos sites de pesquisa.

Como melhorar o rankeamento do seu site?

Claro que é praticamente impossível falar em um único artigo sobre todos os fatores de ranqueamento dos motores de busca do Google.

Entretanto, neste post separamos 5 segredos do SEO para ajudar o seu site “subir” nos resultado das buscas.

Além, é claro, das postagens engajadas nas redes sociais, mas isto você pode ler neste artigo do nosso blog.

Otimização da palavra-chave

Saiba que não há como ranquear nos buscadores do Google sem uma boa escolha de palavras chave para o seu texto.

Pois ela terá uma grande participação no texto e deve aparecer em torno de 1% na densidade do conteúdo.

Para explicar de uma forma mais simples, essa densidade quer dizer quantas vezes essa palavra-chave deve ser “repetida” no texto.

Por exemplo, um por cento quer dizer que no texto de 1000 palavras, ela deve ser repetida em torno de 10 vezes.

Para isso você deve escolher uma palavra-chave relevante e as pesquisas podem te ajudar!

O próprio Google fornece ferramentas gratuitas que ajudam você a trabalhar com palavras chaves que tem o número elevado de buscas.

Duas ferramentas bastante usadas são: o Google Trends e o Google Ads Planner.

Otimizar o título

O seu título deve ter de 50 a 68 caracteres e você deve utilizar a tag title para melhorar o posicionamento da página.

Que nada mais é do que fazer o título da sua página, também em HTML.

Isso porque é fundamental para o Google e seus buscadores, que o título ajude a encontrar aquilo que é procurado de maneira rápida e eficaz!

Portanto, a palavra-chave deve fazer, obrigatoriamente, parte do título!

Também ela deve fazer parte do conteúdo.

Entretanto, colocar a palavra-chave apenas uma vez no título é mais do que suficiente.

Otimizar a meta descrição

A meta descrição é um breve resumo sobre o conteúdo da página.

Ela também deve conter a palavra-chave escolhida no texto e ter aproximadamente 153 caracteres.

O Google não usa ela para o ranqueamento.

No entanto ela influencia no posicionamento por ser uma ‘isca” para atrair mais usuários, que estão pesquisando sobre o tema.

Link Building

Link building consiste em colocar links relevantes na sua página da web sites de busca.

Existem links internos e externos.

Os links internos são importantes e direcionam a pessoa que está lendo para outros conteúdos, dentro do próprio site.

Eles ajudam a melhorar a autoridade da página pois o link interno faz com que o Internauta passe mais tempo lendo o conteúdo.

E isso aumenta a autoridade e a relevância da página, já que o Google avalia para fatores de ranqueamento o tempo que o usuário permanece na página.

Já os links externos os links externos são links que você faz para outros sites ou outros sites fazem indicando o seu conteúdo.

Para isso é fundamental que você tenha uma “política de contato” com páginas do seu setor, onde ambos se “ajudam” simultaneamente.

Os links externos ajudam bastante no ranqueamento dos motores de busca do Google.

Isso porque, os buscadores encaram que seu conteúdo é relevante, por que alguém está indicando ele.

Usabilidade

O site deve ter as informações prometidas e superar as expectativas dos visitantes quanto ao conteúdo.

No entanto o internauta deve achar com facilidade aquilo que está buscando.

Quando falamos em usabilidade, queremos dizer que com no máximo três cliques, usuário deve chegar ao conteúdo que deseja.

Caso contrário, ele pode sair da página e desistir de ver conteúdo.

Também é importante que o site seja responsivo. Isso quer dizer que o conteúdo funciona bem em tablet, celular e computadores.

Isso porque, de nada adianta ter um bom site com conteúdo interessante.

Os visitantes não ficam satisfeitos, porque não consegue navegar direito na página.

No entanto, um site com excelente usabilidade não serve de nada, se não for bem ranqueado nas buscas.

Para isso, é interessante pensar no trabalho de bons profissionais de desenvolvimento do site é de marketing digital.

Porquê é importante contratar uma empresa especializada em SEO?

Você investiu no site da sua empresa, contratou um desenvolvedor e colocou bons conteúdos no ar.

Entretanto, mesmo assim não está conseguindo ter o resultado que deseja?

Talvez seja a hora de pensar em contratar um analista de SEO ou buscar uma empresa especializada!

Isso porque é o SEO que vai ajudar a posicionar o seu conteúdo nas primeiras páginas de pesquisa.

Saiba que algumas pesquisas indicaram que 90% das pessoas que acessam as páginas de busca escolhe as primeiras opções que são dadas pelo Google.

Um profissional capacitado é importante por que vai fazer a sua empresa se tornar uma referência para o usuário da internet.

Aumentando a autoridade dela e certamente isso terá “recompensas”.

Saiba que é praticamente impossível concorrer aos primeiros lugares dos resultados de busca, sem adotar uma estratégia eficaz de SEO.

O SEO consegue resultados melhores até mesmo do que anúncios pagos pelo Google!

Para finalizar, saiba que uma pesquisa feita por uma empresa de marketing digital, Rock Content, mostrou que empresas que adotam estratégias de SEO geram resultado final de aproximadamente 6 vezes mais clientes.

Qual a melhor opção?

Bom, ficou claro até aqui que fazer o SEO não é uma opção e sim obrigatório para quem quer ter presença de peso na internet!

Agora, quem tem que avaliar qual é a melhor opção para adequar o site da empresa os motores de busca do Google, é você!

Você pode estar sempre se atualizando em SEO, para manter sua página ranqueada.

Contratar um analista de SEO e marketing ou buscar uma empresa terceirizada que faça um bom trabalho com preço acessível.

Essas empresas são acostumadas a otimizar sites, por isso o preço acaba sendo melhor do que contratar uma pessoa.

Outra vantagem de optar por uma consultoria de SEO de empresas, é que você também ter a certeza que eles sabem todas as atualizações os algarismos do Google.

Isso porque as mudanças os fatores de rankeamento do Google são frequentes, visto que ele sempre está tentando melhorar mais a experiência do usuário.

Portanto, fazer uma consultoria de SEO com empresa especializada fatalmente vai te dar a garantia de atualizações constantes.

Gostou de saber um pouco mais sabe como o SEO pode ajudar sua empresa?

Quer uma ajuda nossa? Preencha o formulário abaixo!